Aleluia, irmão!

Um milagre de Natal também pode ser aquele que vai de encontro a todas as expectativas. Ruins, claro. E expectativas ruins é o que não tem faltando, viu. Ano difícil que espero que acabe logo. Sem essa baboseira de ficar aqui evocando dias melhores, farturas e blá, blá, blá. Essas coisas não se evocam. Elas acontecem, simplesmente. E você pode dar uma mãozinha, claro. Mas só desejar não adianta muita coisa. Voltando ao milagre, ele pode ser o simples Mertiolate nos hematomas, depois de tantas porradas. O milagre existe sim. E ele pode estar no menor alento que você possa receber. Porque atualmente, qualquer alento já tá sendo muito bem vindo.
- E não, isso não é uma mensagem de fim de ano (ainda).

1 Response to "Aleluia, irmão!"

  1. Otavio Martins Says:

    Detesto Natal.
    Detesto mensagens natalinas.
    Gosto de pornografia barata.
    Bem rampeira.
    Detesto Natal.