Num canto


Me esconda num canto qualquer da sua casa. Um lugar que não atrapalhe a passagem, eu não quero incomodar. Qualquer canto serve. Onde você achar melhor. Eu fico lá quieto, prometo. Apenas quero ficar ocupando um canto qualquer na sua vida. Na sua casa. Não é lá que você se sente melhor e mais feliz? Me deixe lá, então, num canto. Eu fico quieto. Sei que vou ficar bem estando tão próximo da sua felicidade. Prometo não incomodar. Não atrapalho. Não grito. Não falo. Não esbarro em nada. Sequer atrapalho a sua decoração. As suas coisas. Seus bichos. Seus rabiscos. Suas roupas espalhadas. Me deixe ali, num canto. Eu fico bem, prometo. Me prometa. Eu só quero estar perto. Fico bem quieto. Me esconda, se preferir. Eu não apareço. E você pode, livre, fazer o que bem quiser. Receber ou não, quem bem entender. A casa é sua. Faça o que quiser. Me enfie onde achar melhor. Eu não ligo. Não tenho vontade. Não tenho pudor. Não tenho coragem. Eu só tenho medo. O medo imenso de não fazer parte de você.

6 Response to "Num canto"

  1. nAtHaNaeL, Says:

    Cara, você não sabe o quanto bateu esse texto! Nessa hora remota (quando, talvez, só os japoneses estejam acordados..) me fez fazer algo que não tava conseguindo: escrever ficção. Postei no meu blog. Se puder dá uma olhada e me diz o que achou. Abs!

  2. Denis Says:

    olha, atrapalha sim... esse lance de ficar quieto sem incomodar não existe. por mais que você goste da pessoa, às vezes simplesmente não dá! vai entender o casamento... :-s

  3. Jones Otávio Says:

    Ótimo texto, mas ficar num canto nem sempre resolve, o problema de ficar no canto é cair no esquecimento de quem te deixou lá... Abraço

  4. méliss Says:

    que engraçado..os meninos aí em cima.. "abstraindo" a coisa linda que é essa proposta. Who cares se daria certo?

    Lindo.lindo.
    texto MATADOR, pra variar.

    (já sou fã.)

  5. Heitor Says:

    ahaha... eles não entendem nada, Meliss!!

  6. Maria Milesi Says:

    Ai...tadinho...tô amando suas palavras...bjs