Despedida

"Pra que sofrer com despedida?
Se só vai quem chegou
E quem vem vai partir
Você sofre, se lamenta, depois vai dormir".

Como diz a letra da Rita Lee, pra que sofrer com despedidas? Este blog vai deixar de existir, assim nesta forma como vocês estão acostumados a ver. Algumas coisas vão mudar. Talvez só mesmo o nome permaneça. Durante este ano e meio de existência, descobri ser justamente o nome, o que mais atraia a curiosidade das pessoas pelo blog. Isso sempre me deixou muito feliz, orgulhoso até. É legal ver que uma coisa que a princípio era tão pessoal, foi compreendida e até querida por algumas pessoas. Só que as pessoas mudam, as coisas mudam, e quero acreditar que tudo evolui sempre, nunca anda para trás. Sendo assim, tenho agora outras intenções. Fiquei mais metido, cresci em alguns aspectos e adquiri mais confiança naquilo que quero escrever e criar. Espero que o resultado disto não decepcione quem se interessa em acompanhar este espaço, que agora, pretende vôos bem mais altos. Porque uma hora a gente tem que virar gente grande. E demorou, até. Até!

1 Response to "Despedida"

  1. méliss Says:

    menino do céu! despedida. Não.