Passado


Passou-se muito tempo
Os meros três degraus arredondados de mármore eram agora
cobertos de limo e trevos de quatro folhas
Da grande porta de madeira agora só restava uma metade
A casa estava aberta
A casa estava em paz

Um visitante mais atento ainda ouviria falas, risadas, música
A casa estava aberta mas o sol não entrava
Apesar do teto quase todo destruído deixar grandes brechas
o sol não entrava, de propósito
Não havia mais vida ali

O vestido branco dela roçou nos três degraus de mármore branquíssimos, quando ela entrou na casa correndo
Tinha 7 anos e ria muito alto
O vestido azul marinho dela sequer encostou nos três degraus de mármore encardidos, quando ela saiu da casa
Pela última vez

Tinha 97 anos e não ria mais.

1 Response to "Passado"

  1. rebeca Says:

    heitor querido.

    to tentando...vamos marcar um jantarzinho na casa do claesen...olha dizem viu,q to bem...hahahaha

    bjo